2.18.2010

a vida num sopro

Dorme, Mãe Pátria, nula e postergada
E se um sonho de esperança te surgir
Não creias nele, porque tudo, é nada,
E nunca vem aquilo que há-de vir.


fernando pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário